naom_5c13e0671252b

Síndrome do coração partido e câncer estão relacionados, diz ciência

O que pode o câncer ter em comum com o coração partido?

A síndrome do coração partido é real, embora também possa ser chamada de Miocardiopatia de Takotsubo. É desencadeada por situações de stress extremo, como a perda de um ente querido. Um exemplo dessa síndrome são aqueles casais que morrem com uma diferença de poucos dias um do outro. Os sintomas incluem dor súbita no peito, causada pelo aumento de hormônios do stress.

Agora, um estudo publicado pelo Journal of the American Heart Association diz que a síndrome do coração partido pode estar ligada ao câncer. De acordo com a pesquisa, uma em cada seis pessoas com síndrome do coração partido também desenvolveu câncer e a probabilidade de morrerem num espaço de cinco anos após o diagnóstico é maior quando comparada com aqueles sem a síndrome.

Para chegar a esta conclusão foram analisados dados de mais de 1600 pacientes com síndrome do coração partido. Os pesquisadores não encontraram causalidade, mas sim um vínculo entre os dois.

Notícias ao Minuto

Sem Comentários

Deixe uma Resposta

*

*