photo (4)

Médico usa copo descartável para salvar vida de recém-nascido na Bahia

Um médico de um hospital municipal precisou improvisar com um copo descartável para salvar a vida de um recém-nascido. O caso aconteceu na sexta-feira (04/10) no município de Biritinga, a 204 km de Salvador.

A primeira filha do casal Maize Correia e Walace Lima nasceu sem sinais vitais, com a pele de cor roxa e precisando de um equipamento médico para auxiliar a entrada de ar nos pulmões. Os pais dizem que o hospital não tinha o aparelho necessário para o atendimento da criança e o médico responsável pelo parto agiu rapidamente. “Foram quase 30 minutos. Foi muito desespero. Pensei que minha filha não sobreviveria.” relatou a jovem mãe durante entrevista ao Aratu On.

Populares relataram que a unidade de saúde está com diversos problemas, como a falta de equipamentos, roupas de cama que uso dos pacientes são levadas de casa. Maize atribui o caso à negligência. “O  hospital não tinha máscara para ela tomar o oxigênio. O médico fez o que  e eu não culpo o profissional.” pontuou.

A menina já recebeu alta e hoje passa bem. “Peço que as autoridades venham olhar mais pra população e tenham respeito com os cidadãos.” Disse o pai da garota,, por meio de uma postagem no Facebook. O Aratu On procurou a Secretaria da Saúde de Biritinga para comentar o caso, mas as ligações não foram atendidas.

 

AratuOn

Sem Comentários

Deixe uma Resposta

*

*