Da

Ipirá: vereadores homenageiam D. Dadá denominando a rua que ela morava de Idalice Pereira da Silva

Os vereadores Marcos Murilo Mascarenhas e André Luís Oliveira, apresentaram a mesa diretora da Câmara de Vereadores de Ipirá nesta terça-feira (26), um Projeto de Lei que denomina a rua projetada do Loteamento 7 de Julho, próxima ao Centro Paroquial, de Rua Idalice Pereira da Silva, “D. Dadá”, como era carinhosamente conhecida por todos.

A homenageada teve uma história marcada por luta e honestidade. Mulher forte e guerreira, enfrentou a vida sem o marido, criou seus filhos com seus ensinamentos e até sua partida eles nunca lhe decepcionaram. Ela faleceu no dia (28) de fevereiro e nesta quinta-feira (28), estará completando três meses do seu falecimento.

D. Dadá viveu seus últimos anos de vida nesta rua, a qual foi uma das primeiras moradoras e para o vereador Marcos, esta é uma justa homenagem para uma pessoa que passou pela vida e deixou um legado de respeito e honestidade, merecendo de todos que a conheceram o respeito e consideração.

Por sua vez, o vereador André Luiz que acompanhou os últimos instantes de vida de D. Dadá, disse que fazer parte desta homenagem é uma grande honra. “Tomei conhecimento através dos filhos Jorge Luiz e Tereza Cristina e me achei na obrigação como legislador, fazer parte desta homenagem ao lado do colega Marcos que por coincidência é conhecido como Marcos de Dadá, pois o seu saudoso pai também era conhecido por Dadá em toda a região do povoado do João Velho.

“Somos imensamente gratos aos senhores vereadores pela homenagem prestada a nossa querida e saudosa mãe, com a denominação da rua em que nós moramos. Vamos exibir esse legado com muito orgulho para nossos filhos, netos e amigos. Assim que o projeto for aprovado, vamos confeccionar a placa e convidar os vereadores e amigos essa homenagem” disseram os filhos Tereza Cristina e Jorge Luiz.

O Projeto de Lei será votado na Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores da próxima terça-feira (03/06).

Caboronga Notícias com imagem da família

Sem Comentários

Deixe uma Resposta

*

*